O Grand Canyon é talvez o cânion mais famoso do mundo. Foi formado através da erosão promovida pelo fluxo da água do rio Colorado, que esculpiu a superfície pelos últimos 2 bilhões de anos, atingindo as formas como as vemos hoje em dia.

Quantos dias ficar?

O Grand Canyon é um parque nacional imenso. Ele pode ser dividido em rins, o rim sul e o rim norte. A parte do parque aberta a visitação é o rim sul (South Rim). Apesar da área de visitação ser relativamente grande, a estrutura fornecida pelo parque facilita a visitação. É possível visitar todos os pontos em apenas 2 dias, para os mais apressados, ou 3 dias, para quem gosta de visitar com mais calma. Pra quem gosta de fazer tudo a pé pode passar uma semana fácil.

Onde ficar?

Tem opções para todos os gostos e bolsos. Quem deseja se hospedar dentro do parque tem que se programar com bastante antecedência. Algumas hospedagens precisam ser reservadas até 3 meses antes. No site oficial do Grand Canyon National Park você poderá reservar uma hospedagem (Camping ou Lodging).

Para quem não quiser se hospedar dentro do parque (ou não conseguir, meu caso) pode se hospedar em Tusayan, uma pequena cidade na entrada do parque, creio eu que esta foi construída apenas para receber os visitantes do parque. Eu me hospedei no Best Western Premier Grand Canyon Squire Inn

No hotéis.com você consegue avaliar os melhores preços de cada hotel, que podem variar ao longo do ano.

Como Chegar?

O aeroporto mais próximo fica na cidade de Flagstaff, entretanto, poucos aviões voam diretamente para lá. A opção de voo direto mais em conta que achei foi para Phoenix. De lá, alugamos um carro e seguimos para Tusayan.

Pitstop para compra de equipamentos de trilhas 

Acabamos descobrindo uma megastore de equipamentos outdoor, que vende desde botas e roupas de trilha até lanchas e jeeps. Foi tipo pinto no lixo. Segue o link da loja online e o endereço da loja que eu fui.

Bass Pro Shops

img_8657

Visitando o Parque

Existem diversos tipos de passes para os parques norte americanos. Os mais importantes para turistas são: que valem para um carro ($30,00), individual ($15,00) ou passe anual ($80,00).

O passe para o carro independe de quantas pessoas estão dentro do carro. Você compra o bilhete na entrada do parque, que da direito ao seu carro transitar pelo parque durante 7 dias, ou seja, é mais que o necessário.

O passe individual é ideal para quem viaja sozinho.

annual-pass-2016-for-web-200x125Adquirir o passe anual é um caso a se pensar para quem passará por outros parques nacionais, pois, o passe anual, te isentará de taxas por parques geridos pela NPS (National Park Service), que são os parques federais. Caso pense em adquirir o passe anual procure pelo America Beautiful, esse da foto ao lado, pois existe também o passe anual de cada parque, que no caso so te permite entrar num parque específico.

Para mais informaçoes sobre os valores de entrada acesse Grand Canyon National Park.

O parque possui diversas atrações. Clique em o que fazer no parque para saber mais sobre tudo que o parque pode te oferecer.

Dentro do parque são disponibilizadas linhas de ônibus internas para a visitação de praticamente todos os pontos. A maioria dos pontos nem tem como acessar de carro pois são bloqueados.

O primeiro lugar que deve ser visitado é sempre o centro de visitantes. É lá que você pode planejar como será o seu roteiro dentro do parque, principalmente porque existem os Rangers (guardas florestais) que te auxiliam nessa tarefa. Abaixo encontra-se um mapa do Grand Canyon National Park – South Rim.

aerial-map-of-grand-canyon
Mapa fora de escala. Para melhor visualização acesse aqui

No primeiro dia fomos de carro até o centro de visitantes, estacionamos por lá, planejamos a visitação e seguimos utilizando as linhas de ônibus.

O primeiro ponto é o Mather Point, que fica a poucos metros do centro de visitação e já te dará uma ideia do que está por vir.

img_9337
Mother Point

Visitamos as áreas próximas ao Mother Point, na Village Route e pegamos o primeiro serviço de ônibus rumo ao Hermits Rest Route. 

Village Route:

img_8826-1
Village Route (para leste do Mother Point)
img_8888-1
Village Route (para leste do Mother Point)

Hermits Rest Route:

fullsizerender-2

img_8972

img_9016-1

img_9336

E vimos o por do sol na Village Route

img_9151-1

No segundo dia, terminamos de visitar os pontos com auxilio de ônibus e em seguida fomos de carro para os pontos mais distantes, os quais somente se chega de carro.

fullsizerender-7
Desert View
fullsizerender-6
Rio Colorado visto do Desert View

O que comer?

Preparamos sanduíches todos os dias. Cada um levava sanduíches na mochila bem como água (camelbag) com bastante gelo. Assim nada derretia apesar do calor. Sempre deixávamos um cooler no carro com refrigerante, água e comida, caso precisássemos reabastecer.  Além de economizar muita grana isso te dá mais agilidade para visitar muitas coisas, além de poder comer com uma vista que nenhum restaurante tem.

img_5006
Lunch with a view

Fizemos todas as compras no Walmart de Phoenix. Existem mercados na região, inclusive dentro do parque. Veja onde você poderá comer aqui.

Outros Locais de Visitação Fora do South Rim

Este post fala sobre visitar o Grand Canyon South Rim. Existem outros pontos de visitação no Grand Canyon, entretanto não são geridos pela federação. São pontos de visitação muitas vezes situados em reservadas indígenas, geridas localmente. Seguem os links dos mais visitados e fotos (fotos não são de minha autoria).

havasupai-trip-2
Autor da Foto
5-star-grand-canyon-helicopter-tours-images-vip-hualapai
Autor da foto
Anúncios